20ª Festa Literária Internacional de Paraty — de 23 a 27 de novembro de 2022

Casa Record

A editora Record comemora 80 anos levando seus autores para bate-papos em Paraty. A casa no centro histórico vai celebrar a trajetória de oferecer livros para todas as estantes, para todos os tipos de leitores. O espaço também terá uma exposição com capas icônicas destas oito décadas.

Programação

24/11 – Quinta-feira

11h – CAMINHOS DA ESCRITA – CLAUDIA LAGE E FELIPE FRANCO MUNHOZ – Mediação: Simone Magno

A conversa vai abordar escrita criativa e adaptações literárias. Claudia Lage é autora de Labirinto da palavra e O corpo interminávelFelipe Franco Munhoz lançou este ano Lanternas ao nirvana, que teve um trecho adaptado para um curta-metragem.

13h – MÃES & FILHOS – ELISAMA SANTOS E VANESSA PASSOS – Mediação: Lívia Vianna

Elisama Santos, que está lançando seu primeiro romance, Mesmo rio, e Vanessa Passos, autora de A filha primitiva, vencedor do prêmio Kindle 2022, vão falar sobre os laços de parentesco que atravessam seus livros.

 

25/11 – Sexta-feira

11h – 130 ANOS DE GRACILIANO RAMOS – RICARDO RAMOS FILHO – Mediação: Rodrigo Lacerda

O escritor Ricardo Ramos Filho, neto de Graciliano Ramos, fala sobre a vida e a obra do avô, nascido em Quebrangulo (AL) em 27 de outubro de 1892. Neste mês, a Record lança Cartas, uma reunião da correspondência do escritor sob perspectiva íntima.

13h – OUSADIA E VANGUARDA – JOÃO SILVÉRIO TREVISAN E EDSON MIGRACIELO – Mediação: Simone Magno

João Silvério Trevisan, autor de Vagas notícias de Melinha Marchiotti, reeditado após 40 anos fora do mercado, e Edson Migracielo, organizador de Educação natural, com textos póstumos e inéditos de João Gilberto Noll, tratam de questões de gênero e personagens à deriva.

 

26/11 – Sábado

11h – LITERATURA HOJE – PEDRO AUGUSTO BAÍA E RICARDO LÍSIAS – Mediação: Simone Magno

A mesa aborda a literatura na atualidade: Ricardo Lísias é autor de Diário da catástrofe brasileira, diário sobre o governo Bolsonaro. Pedro Augusto Baía traz questões ambientais do país em Corpos benzidos em metal pesado, vencedor do prêmio Sesc 2022 na categoria contos.

13h – ÁFRICA E BRASIL – ANA MARIA GONÇALVES E CIDINHA DA SILVA – Mediação: Lívia Vianna

Um papo que diz muito sobre o Brasil. Ana Maria Gonçalves é autora de Um defeito de cor, que acaba de ganhar uma edição ilustrada por Rosana Paulino. Cidinha da Silva, que escreveu o texto de orelha da publicação, lança seu primeiro livro pelo Grupo Editorial Record em 2023.

15h – SOBRE O ROMANCE – TAIANE SANTI MARTINS E FERNANDO BONASSI – Mediação: Rafael Sento Sé

Uma conversa sobre a construção do romance, com Fernando Bonassi, autor de Degeneração, semifinalista ao prêmio Oceanos deste ano, e Taiane Santi Martins, autora de Mikaia, vencedora do prêmio Sesc 2022 na categoria romance.

17h – NOSSOS RECORDISTAS – CARLA MADEIRA E FRANCISCO AZEVEDO – Mediação: Rodrigo Lacerda

A mesa vai reunir os dois autores que recebem este ano o prêmio Recordista, pela venda de mais de 100 mil exemplares de um único título: Carla Madeira, por Tudo é rio, e Francisco Azevedo, por Arroz de palma.

19h – SARAU DRUMMOND 120 ANOS + VIVO MUITO VIVO – Mediação: Simone Magno

Uma grande celebração em que a protagonista é a poesia em letra e verso. Participação de autores da Record, com seus poemas preferidos de Carlos Drummond de Andrade, nascido em 31 de outubro de 1902, e autores da antologia Vivo, muito vivo, com contos inspirados em canções de Caetano Veloso, que também completou 80 anos em 2022. Com Ana Maria Gonçalves, Carla Madeira, Carlos Eduardo Pereira, Cida Pedrosa, Cidinha da Silva, Claudia Lage, Edson Migracielo, Felipe Franco Munhoz, Fernando Bonassi, Francisco Azevedo, Juliana Leite, Marcelo Moutinho, Mateus Baldi, Paula Gicovate e Ricardo Ramos Filho.