20ª Festa Literária Internacional de Paraty — de 23 a 27 de novembro de 2022

Coletivos de Leitura dão voz a Maria Firmina dos Reis no segundo dia da 20ª Flip

Nesta quinta-feira, 24 de novembro, teve início a ação conjunta entre a Flip e coletivos de leitura de todo o país. Vídeos com apresentações da obra de Maria Firmina dos Reis, autora homenageada em 2022, foram exibidos no Auditório da Praça durante o segundo dia da festa. 

Essa, que foi a primeira de sessões diárias do gênero, teve como destaque o coletivo Corpos Indóceis e Mentes Livres, grupo de leitura da Biblioteca Comunitária do Presídio Feminino de Salvador, integrado por mulheres encarceradas. Trata-se de um projeto que se apresenta como uma ferramenta abolicionista de desencarceramento, possibilitando remição de pena por trabalho. 

As outras leituras do dia foram realizadas pelos coletivos da Academia Inclusiva Brasiliense; Biblioteca Municipal Professor Josino Bretas; Cachoeira das Letras; além do Clube de Leitura Preta no Quilombo e o Clube de Leitura Ossos de Pássaro.

Dentre as leituras de Maria Firmina apresentadas ao público foram incluídos trechos de poemas “Seu nome”; “Ah! Não posso”; “Uns olhos”; “O Proscrito”; “Esqueça-a”; “Confissão”; “Ela!”; “Vai-Te”; “O Pedido” e “Amor”; dos textos “Resumo da minha vida”; “O que é a vida”; além de trechos do romance Úrsula, obra de maior importância da escritora maranhense. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *