20ª Festa Literária Internacional de Paraty — de 23 a 27 de novembro de 2022

Coletivo curatorial

A 20ª edição da Flip reforça o senso de coletividade por meio de uma curadoria que representa a diversidade de vozes e visões da e sobre a cultura brasileira. Foi a motivação de aproximar de leitores de diversas comunidades e territórios que levou a festa à escolha dos nomes de Fernanda Bastos, jornalista gaúcha, Milena Britto, professora da UFBA, e Pedro Meira Monteiro, professor na Universidade de Princeton.

Fernanda Bastos

Jornalista, tradutora e editora de livros. Fundou, ao lado do crítico literário Luiz Mauricio Azevedo, a editora Figura de Linguagem, casa negra e independente sediada em Porto Alegre, para a qual colabora com traduções, como a do volume de poemas da afroamericana June Jordan. Atua como apresentadora na TVE RS e no podcast Onda Negra, da Plataforma Feminismos Plurais.

Foto: Gustavo Schossler

Milena Britto

Professora na Universidade Federal da Bahia, dedica-se, entre outros temas, a pesquisas sobre gênero, literatura e estratégias de legitimação no campo literário. Foi professora visitante na Universidad Andina Simón Bolívar, no Equador, e pesquisadora visitante na Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos. Além da carreira acadêmica, tem atuação em políticas públicas para a área de literatura, participa de ações voltadas para a difusão de leitura, é crítica literária e curadora de diversos projetos culturais.

Pedro Meira Monteiro

Professor brasileiro na Universidade de Princeton, onde fundou, com João Biehl, o Brazil LAB (Luso-Afro-Brazilian Studies), que congrega pesquisadores de diversas áreas e inúmeros países. É autor, tradutor e organizador de diversos livros e foi pesquisador-visitante e palestrante em universidades no Brasil e no mundo. Na E-galáxia dirige, com Ricardo Lísias e Tiago Ferro, a série Peixe-elétrico Ensaios.